Calathea - como cuidar

Calathea - como cuidarA Calathea, pertence à família Marantaceae, é uma planta com origem na floresta amazônica na América do sul. No seu habitat natural cresce na sombra de outras árvores, rodeada de vegetação.

É especialmente admirada pelo desenho e cores vibrantes das folhas, que ostentam os mais belos contrastes. Folhas essas que apresentam formatos ovais ou lanceoladas e desenvolvem-se na extremidade de caules compridos.
Habitualmente floresce no verão, forma um caule comprido envolto de escamas coloridas na extremidade.
Pode facilmente ser confundida com a Maranta, embora a calathea seja mais alta.


Como cuidar a Calathea


Condições ambientais: Aprecia um ambiente quente. No inverno contenta-se com uma temperatura entre os 12 e os 14º. Mantenha-a afastada das correntes frias. Aprecia a luz filtrada e até suporta locais mais sombrios, o sol direto tende a queimar as suas folhas.

Rega e humidade: Regue moderadamente com água à temperatura ambiente. Mantenha o substrato húmido, contudo deixe sempre secar a superfície antes de voltar a regar.
Mantenha um ambiente húmido colocando o vaso sobre gravilha e água. Pulverise a folhagem frequentemente no verão.

Pragas e doenças da calathea: É susceptível de ser atacada pela aranha vermelha, pela cochonilha e pelo apodrecimento das raízes. Por norma acontecem quando a planta perde a vitalidade e a humidade ambiental é reduzida.
Melhore a humidade ambiental, tenha cuidado com o escesso de regas. Num ataque de cochonilha algodenta, lave as partes atacadas com um pano humedecido em água e sabão.

Multiplicação: Os exemplares velhos ou demasiado grandes, devem dividir-se na primavera. Retire o torão de terra e separe as folhas com partes de raízes. Coloque os fragmentos em vários vasos, com um substrato novo à base de turfa e húmus.

Cuidados: Lave as folhas periodicamente com água não calcaria nos períodos quentes e secos. Para tirar o pó use um pano húmido e passe-o com cuidado nas folhas. Fertilize de 15 em 15 dias de Abril a Setembro. Remova as folhas amarelas e secas.

Aspectos sensíveis da Calathea


  • As folhas amarelecem e secam? Sintoma de luz insuficiente. Aumenta a incidência de luz à sua planta.
  • O crescimento pára e as folhas murcham? Este é um sintoma de podridão das raízes, pelo excesso de água no substrato. Troque o substrato por um mais seco, corte as raíses danificadas e tenha cuidado com o excesso de regas.
  • As pontas das folhas da calathea amarelecem? Falta de água. Aumente a frequência das regas.
  • As folhas escurecem? Excesso de luz.

Sem comentários:

Enviar um comentário