3.16.2016

Carências nutricionais das plantas, conheça os sintomas

Carencias nutricionais das plantas
A falta ou excesso de qualquer nutriente pode causar graves problemas no desenvolvimento da planta e causar as ditas carências nutricionais. Existem vários nutrientes necessários ao bom desenvolvimento das plantas. gasosos, sólidos e líquidos, que se dividem em dois grupos,os macro nutrientes e os micronutrientes.
Os gasosos não são preocupantes, são extraídos directamente da atmosfera. Sendo eles o carbono, o oxigénio e o hidrogénio. Os restantes são normalmente absorvidos pela planta através do solo.

Os macronutrientes são de um modo geral absorvidos em maior quantidade pela planta.
Os micronutrientes são necessários às plantas em pequenas quantidades e acima de determinadas concentrações podem causar efeitos tóxicos.Todos os nutrientes são importantes, a definição de macro e de micro apenas definem a quantidade necessária, não a importância.


Carência não significa ausência, o elemento em questão até pode estar, mas é anulado pelo excesso ou falta de outro elemento. Para todos há necessidade de um equilíbrio, uma só carência pode comprometer todo a nutrição da planta e o excesso de um nutriente pode comprometer o desempenho e a absorção de outro.

Sintomas das carências nutricionais das plantas


Falta de azoto (N)
Amarelecimento das folhas mais velhas, com o tempo as folhas mais novas também são afectadas, provoca o encurtamento dos entrenós, diminui a percentagem de vingamento dos frutos.
Excesso de azoto- Aumenta o vigor e consequentemente a planta fica mais propicia a doenças. Atrasa a maturação dos frutos.

Falta de fosforo (P)
Raízes atrofiadas, perda de vigor generalizada e floração insignificante. Os rebentos e os talos ficam mais finos e murcham.As folhas mais velhas ficam roxo-violeta consequentemente secam e morem.

Falta de potássio (K)
Amarelecimento das folhas mais velhas na zona do limbo, podendo também levar à necrose em algumas plantas, diminuição do crescimento, atraso na maturação dos frutos, frutos duros e ácidos.

Falta de magnésio (Mg)
As folhas ficam amarelas com nervuras muito verdes, diminui o desenvolvimento e a produção.

Falta de boro (B)
Amarelecimento das folhas mais novas, morte do ápice e envassouramento. Dessecamento e rachamento dos frutos. Encurtamento dos entrenós.

Falta de cálcio (Ca)
As folhas mais novas amarelecem entre as nervuras, contudo as nervuras não ficam tão verdes como na falta de magnésio. Pode levar a planta à morte. Formação de "bitter pit" nos frutos, ou seja umas manchas negras e amargas.

Falta de cobre (Cu)
Amarelecimento das folhas e dos ramos mais novos, queda dos frutos e das flores.

Falta de zinco (Zn)
Folhas mais novas amarelas e muito pequenas, frutos pequenos e dificuldade na maturação, entrenós curtos.

Nem sempre é fácil ter certezas apenas com o aspecto da planta, até porque alguns sintomas das carências nutricionais se confundem. A única forma de chegar a uma conclusão certa é através da analise foliar. 

1 comentário:

  1. Ótima a explicação, mais como resolver o problema? vc não falou nada, não adianta.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...