Cultivo da batata doce

Cultivo da batata doce

A batata doce é uma planta herbácea que é cultivada pela sua raiz carnuda, contudo as folhas e as pontas dos ramos também podem ser consumidas cozida. São mais nutritivas que as batatas comuns e são consumidas da mesma maneira , cozidas assadas ou fritas. Leia mais sobre os: benefícios da batata doce

A batata doce é uma planta perene com crescimento rastejante, apresenta um caule herbáceo, folhas largas que variam de formato e cor conforme a variedade. Os ramos podem atingir de 1 a 6m. Cada pé pode produzir uma mádia de 5 a 10 raízes de armazenamento.

Há uma grande variação entre as variedades de batata-doce, divergem no tamanho, forma e cor. Umas apresentam raízes tuberosas arredondadas ou mais compridas, com menor ou maior tamanho, a cor pode variar do branc, creme, laranja ou roxo . Há também variação nas qualidades nutritivas e sabor, com variedades mais ou menos doces.


Condições favoráveis ao cultivo da batata doce


A batata doce prolifera melhor em climas quentes, com temperaturas acima dos 20º, sendo a temperatura ideal entre os 24 e os 26º.
Em zonas frias ela pode ser cultivada em estufas, contudo as raízes serão mais reduzidos.
Normalmente é cultiva diretamente no solo, contudo também se dá em vasos ou outro tipo de recipientes. Se optar pela segunda opção deverá escolher recipientes com o diâmetro superior a 35 cm.
Necessita de de uma boa exposição solar, pelo menos algumas horas de luz solar. Evite locais sujeitos ao sombreamento e ao vento forte.

A batata doce é bastante tolerante no que respeita a solos, contudo prefere solos arenosos, bem drenados, ricos em matéria orgânica, livres de pedras e com o pH entre os 5,5 e os 6,5. Os solos compactos e encharcados estão fora de questão. Os terrenos compactos e duros ocasionam uma produção de batatas deformadas.

Propagação da batata doce


A batata doce pode ser propagada a partir de porções da própria batata doce germinada, ou através de estacas da própria rama.

Quando feita através da rama deve-se escolher ramos com 8 a 10 folhas. Enterra-se metade do ramo e mantém-se a terra húmida. Esta prática é bastante viável em climas quentes onde há sempre rama à disposição.

Em zonas de Invernos frios o método mais indicado é o da batata doce germinada, já que normalmente as plantas não sobrevivem aos Invernos e não há matéria prima para retirar ramos. Escolha as mais pequenas no plantio. Poderá adiantar a plantação, colocando as batatas em recipientes e cobertas parcialmente com água.

O modo de propagação com semente é menos recorrente, mas dá bons resultados. Procede-se como em qualquer sementeira. Coloca-se a semente em vasos, de forma a manter uma planta por unidade. O transplante efetua-se quando as novas mudas atinem 10 a 15 cm.

plantar batata doce em água

Propagação da batata doce em água


Em climas que apresentam invernos rigorosos não é possível obter estacas diretamente da planta, mas a técnica de enraizar a batata doce na água permite obter estacas a partir da raiz. O procedimento é muito simples e permite obter plantas de um modo prático e econômico.

No final do Inverno coloque uma batata doce meio submersa num frasco com água. A batata doce vai começar a desenvolver raízes na parte submersa, na parte de cima começa a despontar a rama. À medida que a rama atinge os 10 cm, retire-a e coloque-a noutro copo com água, a ganhar raízes.
Quando ganharem as raízes, plante-as em pequenos vasos e transplante-as para o local definitivo depois de passar o perigo das geadas.

Tratos culturais da batata doce


A batata doce é uma planta resistente com um crescimento vigoroso e não exige grandes cuidados.
O excesso de matéria orgânica, de nitrogénio ou de água, provocam o excesso de rama em deterioramento das raízes. Fertilize com matéria orgânica e cinzas de madeira que são ricas em fosforo e potássio, caso seja adepto de adubos químicos, escolha um que seja rico em fosforo e potássio. Cuidado com o excesso azoto, pode levar ao excesso de vegetação em detrimento da produção de raízes.

Em Portugal a plantação realiza-se de Maio a Junho. O espaçamento mais indicada varia entre 0.80 a 1.00 m entre leiras por 0.25 a 0.50 m entre plantas.

Regue de modo regular, deixando secar a terra entre as regas. A batata doce não é um tubérculo, é uma raiz de armazenamento. Quando há um excesso de rega há a tendencia das raízes alongarem e ficarem muito finas.

Geralmente a rama tende a enraizar quando entra em contato com o solo húmido, e canaliza energia que vai ser perdida. Recomenda-se levantar a rama enraizada de modo a não prejudicar a produção.

Controle as ervas daninhas é necessário apenas na fase inicial da plantação. Se necessário efetue uma pequena amontoa.

Colheita e conservação da batata doce


A colheita dá-se quando a batata doce atinge o tamanho pretendido, o que normalmente ocorre entre os 110 aos 160 dias após a plantação. Antes da colheita deve cortar a rama e a recolha deve-se dar no mesmo dia. Após o arranque que deve ser em tempo seco, deixe a batata secar ao sol por algumas horas horas.
Em climas frios o arranque da batata doce deve ser efetuado antes da chegada das geadas.

Guarde em local abrigado e arejado, sem serem lavadas, para não comprometer a conservação. A temperatural ideal de conservação situa-se perto do 13ºC e a humidade a 80%.

Sem comentários:

Enviar um comentário