Violeta Africana - Saintpaulia

A Violeta africana (Saintpaulia) é uma pequena planta originária das zonas montanhosas da Tanzânia, em África. Apresenta flores simples ou dobradas que vão do azul violáceo, ao malva e ao branco. As folhas são cordiformes, peludas, verdes na face superior e meio encarnadas na face inferior. No conjunto forma uma roseta colorida que se mantém por vários meses.

Cuidados a ter com a violeta africana 


 Luz: A violeta nrcessita de luz constante, mas nada de sol directo. O local ideal situa-se perto das janelas onde os raios solares não incidam directamente. Estas condições são indispensáveis para quem pretende ter violetas em flor o ano inteiro.

 Temperatura- A temperatura deve ser equilibrada, não deve ter muitas oscilações entre o dia  e a noite. A temperatura ideal situa-se entre os 18ºC e os 22ºC, acima dos 30º ou abaixo dos 18º,  a planta sofre uma paragem de crescimento que prejudica o seu florescimento.

 Regas:A rega deve ser muito moderada , já que em excesso pode levar ao aparecimento de fungos e levar ao seu apodrecimento. Dirija a água à temperatura ambiente directamente ao substrato, evitando molhar as folhas e as flores da violeta. Nunca deixe água acumulada no prato e deixar secar a superfície do substrato entre as regas. O ideal é fazer-se a imersão da planta num recipiente com água morna durante alguns minutos, retirar e deixar a drenar.

 Transplante:  Mude a planta quando as raízes invadirem por completo o substrato do recipiente. A violeta apresenta um sistema radicular pequeno, pouco profundo e de crescimento lento, pelo que é preferível escolher  pequenos, baixos e largos. Empregue um substrato à base de húmus e turfa.

 Cuidados: As violetas são muito sensíveis à humidade, prefira vasos de barro aos de plástico, pelo facto de eles serem porosos e absorverem a humidade. Retire as folhas envelhecidas e a flores murchas de modo a facilitar o desenvolvimento de novos caules.

 Fertilização: Fertilize uma vez a cada duas semanas ao longo do ano, excepto no inverno.


Aspectos sensíveis da violeta africana 


Manchas escuras nas folhas e manchas brancas nas flores: Excesso de humidade, reduza a rega e retire para um local mais seco.

Descoloração das folhas e crescimento exagerado dos pecíolos: Luz insuficiente, coloque num local mais iluminado, sem a incidência dos raios solares.

Manchas ou estrias nas folhas: Significam que regou com água demasiado fria.

Podridão cinzenta: O bolor cinzento que se espalha-se sobre as folha é causado por ambientes frios, húmidos e poucos arejados. Elimine imeditamente as folhas afectadas e mude a planta para um local mais arejado e um pouco mais quente.


Multiplicação da violeta africana 


A violeta africana reproduz-se por estaca de folha. Entre a Primavera e o verão arranque folhas com pecíolo. Ponha a folha em contacto com o substrato ( 50 % de turfa e 50 % de areia) enterrando um pouco a base da folha com o pecíolo. Mantenha a terra quase seca. Passado várias semanas irá surgir um pequeno gomo que irá constituir uma nova planta.

Curiosidades sobre a Violeta africana


Como não tolera o excesso de humidade e as suas folhas não suportam o contacto com a água, a violeta africana no seu habitat natural cresce no meio de gretas de paredes verticais.

A Saintpaulia é conhecida vulgarmente por violeta Africana pertence à família das Gesneriaceae. Recebeu o seu nome em referencia ao pesquisador de nacionalidade Alemã. o Barão Walter Von Saint Paul foi que a descobriu em 1892, posteriormente enviou as suas sementes para um botânico amador na Alemanha e dai se espalhou pelo mundo.

Os antigos Gregos viam a violeta africana com uma símbolo de amor e fertilidade. No passado era utilizada em determinados fins medicinais. Em 1829 era utilizada em homeopatia para o tratamento de sinusite e reumatismo, pelo médico alemão M. Staptf.

Se gosta de plantas com flores coloridas sugiro que veja também as nossas dicas para o: cultivo da Kalanchoe

1 comentário:

  1. Boa noite, qual é o fertilizante para as violetas africanas?. Obrigada.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...