Cultivo da bananeira

Caxo de banana na bananeira
A bananeira é uma planta herbácea que pertence ao gênero Musa. É originária da Asia e das Filipinas, mas espalhou-se fortemente pelas regões tropicais e subtropicais do mundo inteiro. Atualmente a banana é um dos frutos mais consumidos, apreciados e valorizados (benefícios da banana para a saúde) .

A bananeira é uma planta exuberante de crescimento rápido que pode ser cultivada em vaso como planta ornamental. Além de de embelezar o ambiente com as suas folhas exóticas, com algumas práticas pode até dar um cacho de bananas. Não precisa de muitos cuidados e é uma excelente opção como planta de interior.
As variedades mais indicadas ao cultivo em vaso são as anãs: nanica, anã vermelha, prata anã.

Condições favoráveis ao cultivo da bananeira em vaso


Local: Uma bananeira em vaso precisa de muita luz, calor e adubação equilibrada. As bananeiras são plantas de clima tropical, portanto elas apreciam calor, sol e humidade. As bananeiras param o crescimento quando a temperatura desce abaixo dos 10ºC. Se vive num clima frio, procure colocar o vaso de bananeira num local com boa iluminação solar, protegido dos ventos fortes e das geadas.

Rega: A rega deve ser regular e abundante, porém sem deixar encharcar. A bananeira aprecia ambientes húmidos (acima dos 50%), pulverize as folhas regularmente, desde que o sol não incida diretamente sobre elas, sob o risco de provocar queimaduras foliares. Crie um ambiente húmido à sua volta, como por exemplo colocar o vaso sob um prato com cascalho húmido. No inverno reduza a rega e a quantidade de água.

 Solo e capacidade do vaso: A terra deve ser porosa, com boa drenagem e rica em matéria orgânica. O vaso dever ser grande, com capacidade aproximada de 80 lt. Antes da chegada do frio coloque uma camada grossa de mulching em toda a superfície do vaso, além de moderar a temperatura do solo, evita o nascimento de ervas daninhas, libera matéria orgânica e conserva a humidade do solo .

➢ Adubação: A bananeira é uma planta de crescimento rápido, requer uma boa reposição de nutrientes de modo a manter todo o seu vigor. Na fase inicial de desenvolvimento forneça-lhe um adubo rico em nitrogênio. Uma vez adulta ofereça-lhe um fertilizante 15:5:30 regularmente. A tonalidade amarelada das folhas poderá ser indicativa de falta de nutrientes.

Cultivo e Manutenção da bananeira


Ao ar livre a bananeira é plantada numa cova aberta com aproximadamente 30 X 30 (dependendo do tamanho do rebento). É colocada a planta no centro e aconchegada com terra misturada com composto orgânico. Se pretende plantar mais de uma bananeiro, respeite o espaçamento de pelo menos 1,30 metros entre elas (isto nas variedades anãs), em plantas de porte maior poderá ser necessário o espaçamento de 4 metros.

Elimine as infestantes, de modo a evitar a concorrência entre plantas e prevenir a diminuição de vigor das bananeiras. Além disso as infestantes podem alvergar pragas e doenças prejudiciais à bananeira.

Tal como no cultivo em vaso as regas das bananeiras devem ser assíduas, não esquecendo que elas precedem de ambientes tropicais onde prevalece calor e humidade. Evite submeter a planta ao stress hídrico.

Remova as folhas velhas, elas em conjunto com o vento podem provocar atrito e danificar o cacho. Esta operação favorece a entrada de ar e luz na plantação. Os restos da planta devem ser espalhados pelo solo, fora do colo da planta. Eles são um bom aporte de matéria orgânica rica em nutrientes, favoráveis ás novas bananeiras.   

A bananeira têm um ciclo curto, ela desenvolve folhas, produz o cacho e morre. Ai ela é  substituída por uma filha (o rebento lateral mais vigoroso e melhor posicionado). Esta nova bananeira vai crescer e do mesmo modo acabar o seu ciclo e vai ser substituída por outro rebento lateral (a neta) e assim sucessivamente. Portanto numa plantação normal o ideal é deixar três plantas, a planta mãe (a que vai desenvolver o cacho), uma filha (que rebenta da planta mãe) e uma neta (que rebenta da planta filha). Os restantes rebentos são eliminados rentes ao solo, de modo a não retirarem vigor á planta mãe.

A inflorescência da bananeira surge no topo da planta e devido ao peso ela vai caindo para baixo. As brácteas vão se abrindo, vão aparecer primeiro as flores femininas seguidas das masculinas. Sendo que as flores femininas é que vão dar bananas. Quando as pequenas bananas se encontrarem formadas, remova a parte terminal, ou seja a parte das flores masculinas "pinguelo". Esta prática permite o aceleramento e enchimento dos frutos e previne o aparecimento de algumas pragas.

Depois do corte do cacho de bananas, é cortado o troco da bananeira a meia altura (entre 1 a 1,5 m) e vai manter-se por aproximadamente dois meses. O objetivo é que a planta filha retire alguns nutrientes do resto do tronco cortado da planta mãe. Depois deste começar a decompor-se é retirado na totalidade.

Cultivo das bananeiras em Portugal


Em Portugal a bananeira é intensamente cultivada na Madeira, onde se encontram bananais de grande extensão. As bananas da Madeira são reputadas e valorizadas pela firmeza da polpa, sabor acentuado e adocicado.

Mas também pode ser cultivada no continente, há imensos relatos de sucesso de pessoas que cultivaram bananeiras sob determinadas condições. Eu própria testemunhei estas vitorias na zona da Bairrada. As bananeiras em questão estavam ao abrigo de uma construção com mais de 6 metros de altura e segundo o dono eram de um sabor excepcional.

Se possuir um local abrigado, de preferencia voltado a sul também pode perfeitamente plantar uma bananeira no solo com sucesso.
Comece por escolher uma variedade que se adapte melhor ao frio como por exemplo a banana maçã. Escolha um espaço com alguns m² livres, a bananeira vai alastrando à medida que vai se desenvolvendo e siga os procedimentos descritos atrás.

Curiosidades sobre a bananeira


As bananeiras são facilmente confundidas por árvores, mas o que parece ser o caule é apenas a junção das grandes bainhas foliares e é na verdade um pseudocaule. O verdadeiro caule da bananeira é o rizoma que cresce horizontalmente na parte subterrânea e é dele que nascem os novos rebentos que dão origem a novas plantas.

Há quem opte por colocar uma manga plástica sobre o cacho de bananas em desenvolvimento. Esta prática permite proteger os frutos dos atritos como por exemplo o roçar das folhas, a queda de granizo e a ação dos pássaros. Protege o cacho de várias pragas e mantém o equilibro térmico, que permite um enchimento uniforme e mais rápido dos frutos. Contudo é necessário manter algum arejamento, de modo a prevenir o desenvolvimento de fungos.

A variedade mais consumida é banana nanica (conhecida também por banana caturra), porém é a mais sensível ao frio, a variedade banana maçã é a mais resistente ao frio.

Onde conseguir uma planta de banana?


Poderemos conseguir uma planta de banana no mercado, ou então retirá-la de outra planta. Apenas necessita de facalhão bem afiado e cortar na vertical entre o rebento e a planta mãe. Vá cortando volta e vá destacando de modo a não ferir a bananeira principal. Depois de separado nas laterais corte por baixo. O ideal é retirar uma parte de rizoma com raiz.um parte de raiz.

Fotos Pixabay

Sem comentários:

Enviar um comentário