Cultivo da Urze calluna vulgaris

Cultivo da Urze calluna vulgaris
A urze Calluna vulgaris é um pequeno arbusto que pertence à família Ericaceae. É uma planta de rara beleza, que consegue dar um toque especial em qualquer lugar onde seja integrada, prometendo ambientes coloridos. Um elemento indispensável para os jardins de Outono e Inverno, pois mantem-se florida durante toda esta época.

Apresenta um ciclo de vida perene, pode atingir os 40 anos de idade. Possui caule lenhoso e sinuoso, as folhas são de coloração verde, muito pequenas e persistentes. As flores têm 4 pétalas que se unem na base e fazem lembrar a forma de sininho, oferecem colorações do branco ao rosado, ao purpura.

Como cuidar a Urze Calluna vulgaris


 Luz e temperatura: A urze aprecia espaços ensolarados, a luz é essencial ao seu crescimento e à floração. Dentro de casa procure colocá-la em lugares bem iluminados, frente às janelas, terraços e varandas. Quanto ao ambiente a urze é uma planta resistente que suporta bem as diferentes temperaturas, adapta-se aos Invernos frios, suporta o vento e as geadas.

 Regas: Aprecia uma ligeira humidade no solo, não se deve deixar secar totalmente a terra entre as regas. Porém evite o encharcamento, tome em conta que o excesso de água é favorável ao desenvolvimento de fungos que levam ao apodrecimento da planta. Dado que a urze é uma planta acidófila, não é recomendado regar a planta com água calcaria, procure fazê-lo com água macia ou água da chuva.

 Solo:  Exigem solo ligeiramente ácidos ou de pH neutro, nunca calcário. Estes devem ser ricos em matéria orgânica, com uma boa percentagem de turfa, alguma humidade, porém que apresentem uma boa capacidade de drenagem.

 Transplante: Quando cultivadas em vaso, notaremos que as urzes  precisam de ser transplantadas ao verificarmos que as raízes ultrapassam os buracos dos vasos.
Desfaça ligeiramente o torrão de terra, de modo a permitir que as raízes se expandam mais facilmente. Assegure-se que o colo da planta não seja enterrado, faça o alinhamento pela pela superfície do raizame.

 Cuidados: Não requer grandes cuidados apenas agradece a limpeza de ramos, folhas e flores secas.
Na Primavera poderá administre-lhe um adubo rico em fosforo, este vai estimular a floração. Espalhe alguns grânulos longe da raiz da planta, de forma a prevenir queimaduras. (Carências nutricionais das plantas conheça os sintomas)

➢ Multiplicação: Propaga-se por semente ou por estaca. As sementes da planta podem permanecer viáveis por vários anos, na natureza são espalhadas pelo vento e pelos animais. Os ramos em contato com o solo criam raízes, dando origem a novas plantas.

➢ Utilização: As urzes prestam-se à decoração de bordaduras, maciços arbustivos, floreiras ou vasos. Em algumas regiões são plantadas em encostas com o intuito de prevenir a erosão.

➢ Nomes populares: Urze, ling, urze escocesa, torga, heather (inglês).

Curiosidades sobre as Urze


Este pequeno arbusto não têm apenas uso decorativo, pois a urze é uma planta nectarífica, ela atrai e alimenta as abelhas, dando origem a um mel escuro, muito utilizado na doçaria. Além disso oferece propriedades medicinais, uteis no tratamento de algumas doenças como: artrite, gota, dores reumáticas e frieiras.

As raízes grossas da urze são utilizadas no fabrico de cachimbos. Também são empregues no fabrico de carvão de boa qualidade.

Em alguns estados e territórios a comercialização da urze é proibida, deve ao facto da planta se multiplicar facilmente e apresentar caraterísticas invasoras, comprometendo as plantas nativas.

O nome calluna têm vem da palavra grega sweep, que significa varrer, porque no passado os ramos da urze eram utilizados para fazer vassouras, uma utilização que ainda se verifica em alguns meios rurais.

Foto: Pixabay

Sem comentários:

Enviar um comentário