Cultivo do pistache

Cultivo do da árvore do pistache

A árvore do pistache ou pistáchio pertence à família da Anacardiaceae e ao género Pistacia. Pode atingir desde 5 até 10 metros e tende a inclinar-se, apresenta folha caduca e pequena, têm um ciclo bianual, ou seja num ano produz intensamente no outro produz menos bem. A árvore de pistache é uma árvore dioica, ou seja uma árvore pode ter apenas flores masculinas e outra apenas flores femininas. O pólen das flores masculinas é disseminado pelo vento e pelos agentes polinizadores e fecunda as flores femininas. O aconselhado é ter uma árvore de pistache masculina para 8 a 9 femininas.

O fruto dispensa apresentação, reflete-se numa amêndoa esverdeada envolta numa casca dura. Apresenta um bom valor nutritivo, é rico em fibras, em vários minerais e vitaminas. Usualmente são consumidos como aperitivos depois de salgados e torrados, mas também entram na elaboração de várias receitas como gelados, bolos, biscoitos, etc.

A árvore de pistache prospera particularmente bem em climas onde os invernos são muito frios e verões quentes secos e longos. O frio do inverno garante a regulação e o tempo de dormência" necessário a uma florescência equilibrada entre as árvores de pistache masculinas e as femininas. O calor do verão ajuda a amadurecer os frutos.

Solo: A árvore de pistachio é uma planta rústica que se adapta a vários tipos de solos. Contudo os solos ideais devem ser profundos, com boa drenagem, de textura média franca ou franco-arenosa, com tendência a alcalinos, no entanto suportam os solos ligeiramente ácidos.

Sementeira e plantação do pistache


➢ Sementeira: Se pretender obter a árvore de pistache via sementeira, deve procurar frutos ao natural, que não tenham sofrido processamentos.
Retirea-se a casca dura e semeia-se a pequena amêndoa num substrato à base de turfa, à profundidade de 1 a 2 cm. A terra deve ser mantida ligeiramente húmida. As sementes irão germinar após 7 a 15 dias, conforme as condições ambientais. Coloque os vasinhos em local bem iluminado. Quando a pequena planta atingir os 15 cm, transplante-a para um vaso maior.

➢ Plantação: A plantação das pequenas plantas deve-se realizar no fim de Outono. Antes de iniciar esta tarefa realize uma limpeza no local, elimine ervas daninhas, pedras grandes e faça uma cava profunda. Abra um buraco com aproximadamente 50 por 50 e incorpore estrume muito bem curtido. Coloque a planta de pistáchio, aconchegue-a com a terra, pressione ligeiramente ao redor e regue. Coloque um tutor aproximado ao caule da planta de modo a protegê-la de ventos fortes.

Como já foi referido acima é necessário uma árvore do sexo masculino para fecundar até 8 árvores femininas. Na hora da plantação, o ideal é escolher estrategicamente a orientação do vento de moda a favorecer o transporte do polén.
A árvore do pistachio é bastante tolerante à seca, necessita de ser regada mas sem exagero.

Práticas culturais do pistache


Realize o controle das infestante de modo a manter limpo o redor da planta. Poderá realizar uma empalhamento, ele irá impedir a germinação das sementes daninhas e manterá a humidade do solo adequada.

As plantas do pistache devem ser conduzidas de modo a favorecer o tratamento e a apanha do fruto. A poda de formação de vaso é a mais indicada.

A árvore de pistachio praticamente não necessita de tratamentos fitossanitários. Não existem grandes relatos de doenças sérias no cultivo do pistache no seu país de origem (Turquia e Irão).

Colheita do pistache


Por norma o processamento do pistache não ultraprassa as 24 horas após a colheita, o objetivo é manter a qualidade do produto e evitar que as casca fiquem manchadas.

A frutificação ocorre após 5 a 7 anos de vida. Depois de adulta cada árvore de pistache produz aproximadamente 3 a 5 kg. A colheita realiza-se de Setembro a Outubro. O invólucro duro que envolve o fruto abre-se naturalmente, expondo a pequena amêndoa no seu interior.

A minha experiência com o cultivo do pistache.


Sempre tive curiosidade sobre a origem do pistache, imaginava-o a crescer num arbusto parecido ao do café e num ambiente tropical. Porém enganei-me a realidade é bem outra, o pistache cresce numa árvore de grande porte e suporta temperaturas frias. Depois de uma pesquisa profunda descobri que o pistache encontra as condições ideais em Portugal, necessita de Invernos acentuados e Verões quentes, duas características que a tornam uma optima candidata ao nosso clima. Apesar de a árvore não ser muito conhecida pela maioria dos Portugueses, já existem alguns exemplares em Portugal.

As árvores encontram-se à venda em vários locais, eu vi-as à venda por 30€ com aproximadamente 150 cm. Eu decidi partir para uma experiência mais caseira, adquiri as sementes via Internet e lancei-me à aventura. Semeei 8 sementes, das quais sobreviverem 6 plantas.
No primeiro ano cresceram cerca de 10 cm. No inicio do inverno guardei-as num local protegido apesar de saber que elas apresentam resistência ao frio, não quis arriscar.
Na primeira fase do frio as minhas plantas de pistache perderam as folhas, mas antes do inicio da primavera começaram novamente a brotar. Fiquei muito feliz, as minhas plantas de pistache superaram um ano de vida, com certeza que os próximos serão mais fáceis. Agora resta-me aguardar impacientemente pelos primeiros frutos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...