Como cultivar o Antúrio

Como cultivar o Antúrio
O Antúrio (Anthurium andraeanum) é um género botânico que pertence à família das araceae, é uma planta semi herbácea ereta e perene e que simbolizam amizade e amor. É originário das matas tropicais da América Central e do Sul, adapta-se bem ao interior das nossas casas e embeleza qualquer canto das nossas habitações
As suas folhas são espessas, com um verde escuro brilhante e forma de coração. As flores (inflorescências) aparecem da primavera até ao Verão, podendo alarga-se além deste período, surgem sobre uma bráctea vermelha, rosa, verde ou branca, da qual emerge a espadice cor de laranja.

Como cuidar do Antúrio


 Luz: O antúrio necessita de uma boa iluminação para se desenvolver corretamente. Porém a luz deve ser filtrada, ele deve ser exposto ao sol direto sob o risco ele queimar as suas folhas.

 Regas: As suas raízes são carnudas e delicadas e podem apodrecer com facilidade. Regue moderadamente, deixando sempre secar a terra entre as regas. Sempre que possível aproveite a chuva para o regar.

 Temperatura: As temperaturas de ar frio são muito prejudiciais ao antúrio, que podem até morrer. A temperatura ideal situa-se entre os 16 e os 22º, deve ser o mais uniforme possível. 

 Transplante: Mude o antúrio de vaso quando as raízes aparecem à superfície. Mude-o para um vaso ligeiramente maior, use um substrato rico em matéria orgânica, à base de turfa, arejado e poroso. Tenha o cuida de cobrir as raízes, mas não sufoque os caules com o terriço.

 Fertilização: Quando o antúrio florescer, ou estiver na fase de crescimento, fertilize a sua planta de 15 em 15 dias, com um adubo liquido indicado para plantas verdes, diluído nas doses indicadas na água da rega.

 Cuidados: O antúrio aprecia uma atmosfera húmida, nas épocas mais quentes o antúrio agradece pulverizações frequentes. Coloque um prato com pedras e alguma água sob o vaso do antúrio, de modo a manter a humidade ambiental. Lave as folhas nos períodos quentes e secos, mas evite os abrilhantadores.

 Poda: Remova as folhas amarelas e as flores murchas ou secas. O corte de limpeza da flor ou da folha, deve ser realizado na base da planta.

 Pragas e doenças: O antúrio é geralmente atacado por cochonilha, que se apresentam como pontos brancos com aspeto de algodão ou como pequenas conchas castanhas coladas às folhas e caules. Passe um cotonete embebido em álcool e passe sobre as cochonilhas, removendo-as com delicadeza.

Multiplicação do Antúrio 


Divisão da planta: Separe os tufos de Fevereiro a Março, com muito cuidado, de modo a não danificar os caules e as raízes. Plante a nova planta num substrato arejado e poroso. Mantenha o vaso num local com temperaturas próximas a 20º, sobre um prato com cascalho humedecido, vaporize a planta regularmente, com água tépida e mole.

Sementeira: Quando a flor do antúrio é polinizada, podem surgir algumas sementes, que deverão ser semeadas assim que colhidas. Devem ser espalhadas superficialmente numa bandeja com composto poroso, pulverize com água e cubra com plástico de modo a manter uma boa humidade. coloque a bandeja num ambiente quente, a meia luz. O crecimento das pequenas plantas é lento e poderão levar vário s anos a florescer.

Propagação por estaca de caule: Utilize as parte do caule que apresentam raízes aéreas. Corte o caule em pedaços, certifique-se que contenham no minimo duas raízes aéreas e espete-os em solo poroso húmido.

Aspectos sensíveis do Antúrio 


Folhas amarelas com bordas seca: Estes sintomas que lembram folhas queimadas, dão a entender que a sua planta não gosta do local onde está. Mude o seu antúrio de lugar, para um espaço mais protegido, fora das correntes de ar frio e com boa iluminação onde não chegue o sol direto.

Flores escassas e folhas pequenas: É sinal de que faltam nutrientes no substrato do seu antúrio. Fertilize a planta com um adubo liquido apropriado e vaporize-a com água mole regularmente.

Os talos das folhas crescem anormalmente: O seu antúrio não recebe luz insuficiente, coloque-o num local mais iluminado.

Manchas escuras nas folhas: Geralmente é sinal de que elas foram atacadas por fungos. Corte as folhas mais afetadas e trate a planta com um fungicida.

As folhas murcham: Mude o seu antúrio de lugar, coloque-o num local resguardado das correntes de ar.

Curiosidades sobre o Antúrio 


O antúrio também é conhecido como uma planta purificadora do ar, com a capacidade de absorver amoníaco e xileno. No entanto a planta deve ser manuseada com cuidado, todas as suas partes apresenta alguma toxicidade, razão pela qual, não deve ser colocada ao alcance de crianças e animais e estimação (10 flores belas e tóxicas)

A parte colorida que nos habitua-mos a chamar de flor, é na verdade a bráctea, que é vistosa e colorida, com o fim de atrair os polinizadores. As verdadeiras flores do antúrio são na verdade aqueles pontinhos amarelos que nascem na espiga central, que surge na bráctea.

As flores do antúrio (inflorescências) são muito valorizadas em arranjos florais e depois de cortadas conservam-se muito tempo nas jarras.

O seu nome deriva do grego Anthos. Nomes populares: Antúrio, antúrio de flor.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...