Flor de Maio Schlumbergera truncata

Cultivo da Flor de Maio Schlumbergera truncata

Os Schlumbergera truncata são plantas herbáceas, epífitas e suculentas nativas das florestas tropicais do sudeste do Brasil. Na natureza estas plantas crescem nas árvores ou nas rochas e podem alcançar os 30 cm de comprimento. Estes cactos não têm folhas, mas sim caules carnudos e segmentados. Apresentam flores grandes e vistosas, que nascem na ponta dos dos segmentos. As corres mais comuns vão do rosa ao vermelho, mas também se encontram flores brancas, amarelas e alaranjadas. Começam a brotar no Natal e estendem-se até à Primavera, motivo pelo qual são conhecidos como cacto do Natal, flor de Maio ou cacto da Páscoa.

Cuidados a ter com a flor de Maio - Schumbergera truncata


 Luz: O cacto de natal aprecia ambientes bem iluminados, porém não gosta de sol directo. Suporta muito bem locais sombreados ou meia sombra. Desenvolve-se bem sob a copa das árvores em terraços e varandas.

➢ Solos: Como se trata de uma suculenta a planta exige um solo com boa drenagem.  Por se tratar também de uma planta epífita exige pouco em relação à qualidade do solo, já que na natureza ela procura pedaços de troncos ou cavidades das rochas para se agarrar.

 Regas: A Schumbergera pertence à família dos cactos e como tal tal ela é muito resistente à seca.  Na primavera e no verão mantenha a terra ligeiramente húmida, mas com o cuidado de deixar secar entre as regas. Fora desse período encurte as regas. A rega em excesso poderá favorecer a proliferação de doenças que levam ao apodrecimento da planta.

 Transplante:  Transplante o cacto depois da floração em um substrato à base húmus e areia. A terra não deve ser acida, o cacto não aprecia solos ácidos.

 Fertilização: Durante a floração fertilize uma vez por semana, depois disso fertilize uma vez por mês.

 Cuidados: Nos períodos mais quentes e secos lave as folhas com água. Mantenha a planta saudável e limpa. livre-a de galhos secos ou com vestígios de doença.

 Cima- A planta aprecia temperaturas amenas, sofre com as temperaturas muito baixas.

Aspectos sensíveis da flor de Maio


➢Os botões caem: Poderá ser um indicativo de falta ou excesso de água, corrente de ar, ambiente
muito frio e húmido.

➢A planta não floresce: Poderá indicar luminosidade insuficiente ou temperatura muito baixa ou demasiado alta, a temperatura ideal para um bom florescimento situa-se entre os 10º e os 20º.

➢O talo escurece e apodrece: Excesso de água.

➢Os segmentos murcham e enrugam: Falta de água.


Multiplicação da flor de Maio


O cacto de Natal reproduz-se facilmente por estacas dos segmentos. Retire pequenas estacas e espete-as numa mistura de substrato com areia. Regue e mantenha num local sombreado. Regra geral este procedimento têm uma alta percentagem de sucesso.

A propagação também pode ser feita por via da sementeira, porém o processo é lento. As flores quando polinizadas dão origem a umas pequenas cápsulas que depois de maduras contém uma espécie de geleia com inúmeras sementinhas. Espalhe essa gosma com sementes superficialmente sobre um vazinho pequeno cheio de turfa. Coloque em ambiente protegido e mantenha a turfa húmida até as plantinhas alcançarem o tamanho suficiente para o transplante.

Curiosidades sobre a flor de Maio


A Flor de Maio representa amor nas suas mais diversas formas. É geralmente dada como presente com o fim de transmitir os sentimentos sinceros de quem a oferece. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...