Feijão guandu - Cajanus cajan

Cultivo do Feijão guandu - Cajanus cajan

Se há coisa que eu gosto é descobrir coisas novas e o feijão guandu (Cajanus cajan) foi a minha mais nova experiência. Descobri este feijão na prateleira de um supermercado (juntamente com o feijão pedra). Trouxe a semente para casa e iniciei uma pesquisa com o intuito de o conhecer melhor. Pesquisei pelos nomes mais populares:feijão congo, feijão guandu e feijão andu.

Descobri que ao contrário de outros feijões, este cresce de uma planta arbustiva com um ciclo de vida perene. A leguminosa arbustiva pode atingir os 2 m de altura ou mais, dependendo da variedade  e não necessita de tutoramento. Quando podada anualmente pode alcança uma maior longevidade.

Possui uma raiz ramificada, que consegue penetrar nos solos compactos e adensados, que consegue buscar a água às camadas mais profundas do solo, esta qualidade dá-lhe uma grande capacidade de sobrevivência e permite-lhe melhorar a qualidade e a textura dos solos. Tal como as outras leguminosas o feijão guandu têm a capacidade de enriquecer o solo, pelo facto de fixar grandes quantidades de nitrogénio no solo. Esta característica também permite o seu cultivo com o o objetivo de fazer adubação verde.

O feijão guandu é consumido em diferentes estados de maturação, em alguns locais é processado e vendido enlatado tal como a ervilha e come-se da mesma maneira.mesma maneira. Seco consome-se da mesma maneira que os feijões comuns. Oferece uma produção continua e abundante, uma qualidade que lhe valeu a alcunha de feijão dos pobres. Porém ao contrário de outros feijões a sua vagem não é comestível. Fala-se também nas suas vantagens para a saúde, sendo classificado por muitos como uma importante planta medicinal.
Mas não é só na alimentação humana que o feijão guandu é utilizado, serve de alimento para vários animais, incluindo as aves e como forrageira na alimentação do gado de pastagem.

Sementeira e cultivo do feijão guandu


O feijão guandu têm uma alta capacidade de resistência, adapta-se à maioria dos solos, até nos mais compactos, secos e pobres. Apesar de toda a sua resistência às condições mais adversas o feijão guandu sofre com as temperaturas muito baixas e com a ocorrência de geadas.

A sua produtividade aumenta quando lhe são fornecidas boas condições e regas assíduas. O feijão guandu apresenta um melhor desempenho em solos profundos, com boa drenagem, de média a alta fertilidade. Agradece um bom aporte de nutrientes, mas não necessita de do fornecimento de nitrogénio, porque as suas raízes  associam-se a bactérias (Rhyzobium) capazes de captar o nitrogénio do ar e fixa-lo no solo.

Multiplica-se por sementes e germina muito bem, desde que a humidade seja controlada. A sementeira é muito semelhante aos feijões comuns. Durante o processo da germinação, o excesso de humidade deve ser evitado, leva ao apodrecimento da semente e compromete a sementeira. A semente é enterrada a uma profundidade média de 2 cm. Após a sementeira o feijão guandu leva aproximadamente 4 meses a produzir, a sua produção é continua e as suas sementes são retiradas manualmente à medida que vão amadurecendo.


A minha experiência com o feijão guandu em Portugal


Feijão andu Cajanus cajan
Como boa curiosa que sou já iniciei a minha experiência em Portugal. Semeei os meus feijões em pequenos vasos, num composto à base de turfa. A minha primeira tentativa foi falhada, reguei demasiado e as sementes apodreceram na terra. A segunda tentativa foi um sucesso, controlei a humidade antes da germinação, pulverizei água em pequenas quantidades com um pulverizador e apenas quando a terra se encontrava mais seca. Os meus feijões guandu levaram entre 12 a 14 dias a germinarem. Depois da germinação tratei os meus feijões guandu como trato os feijões comuns. O desenvolvimento inicial foi lento, porém a temperatura não estava a favor. (Irei atualizar o post à medida do resultado)

Nomes comuns: Feijão de Angola, lablab, ervilha de angola, anduzeiro, ervilha de pombo, ervilha do congo, guandeiro, feijão andu, feijão guandu, guisante de Angola,  guandeiro, feijao boer e anduzeiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...