Echevéria Elegans Blue

cuidados com a Echeverias elegans blue
A Echevéria elegans blue é uma linda suculenta sem hastes, conhecida vulgarmente por rosa mexicana, que pertence à família Crassulaceae.
Forma rosetas compactas e apertadas, as folhas são carnudas e aredondadas, com tonalidade azulada a acinzentada, revestidas de um pó branco.
Ela cresce rapidamente e forma uma colonia densa de rosetas, preenchendo rapidamente o espaço que a circunda.
As flores atraem beija flores e surgem sobre hastes de 15 a 20 centímetros de comprimento, têm o formato de pequenos sinos com tonalidades entre o rosa e o amarelo.

Como cuidar a Echevéria Elegans blue


Condições favoráveis: A echevéria elegans blue adapta-se à sombra parcial, mas prefere locais com luz intensa, o sol intenso pode queimar as suas folhas. Adapta-se a uma grande diversidades de climas e suporta geadas até -4º C.

Tratos culturais:  Tal como a maioria das suculentas a echevéria elegans blue é resistente à seca, as regas devem ser moderadas, esperando que o substrato seque bem antes de voltar a regar. No Inverno reduza sustancialmente as regas.
Não precisam de podas ou outros cuidados especiais, geralmente são resistentes às pragas, apenas são sensíveis ao excesso de humidade.

Plantação: A Echevéria deve ser cultivada em recipientes que apresentem uma boa drenagem, sendo o barro o material mais indicado. O substrato deve ser arenoso, rico em matéria orgânica e com uma boa capacidade de drenagem, embora se adapte também a solos mais pobres.

Adubação: Adicione um fertilizante balanceado cerca de duas ou três vezes durante a fase de crescimento, entre a Primavera e o Verão. Tente espaçar essas fertilizações com cerca de um mês de intervalo. Certifique-se de não ultrapassar as doses recomendadas, porque a suculenta pode ser danificada pela adubação excessiva.

Multiplicação: Propaga-se por meio das pequenas plantas que surgem à volta da planta mãe e por via de estacas de folhas, eque enraízam facilmente quando colocadas sobre a superfície de um substrato arenoso. Veja aqui toda a metodologia: Como multiplicar as suculentas. A echevéria elegans blue que vêem na foto foi obtida por meio de estaca foliar.

A minha experiencia: A echevéria elegans blue para mim têm um valor muito especial e têm um lugar de destaque na minha coleção suculentas, foi uma das minhas primeiras aquisições, precisamente a segunda, sendo a primeira uma Echevéria Perle von Nurnberg. Prontamente a multipliquei, por meio das folhas e obtive uma grande quantidade de novas mudas, que fizeram a alegria das minhas amigas. O enraizamento das folhas desta suculenta é muito fácil, tendo uma maior percentagem de sucesso nos meses mais quentes.

Nomes comuns: rosa de alabastro, bola de neve mexicana, rosa mexicana branca.

Sem comentários:

Enviar um comentário