Echeveria Pulidonis

Cuidados da Echeveria Pulidonis
A beleza da Echeveria pulidonis está nos pormenores, mais precisamente no contorno da folha, uma borda vermelha que se estende no perímetro das folhas. Acrescido à beleza desta suculenta, está a sua alta resistência e durabilidade.
A Echeveria Pulidonis é uma suculenta de crescimento lento, que faz parte da família crassulaceae. As folhas são carnudas com tonalidade verde azulada meio pálida e ligeiramente concavas, agrupam-se em forma de roseta densa sem haste.
As flores geralmente surgem na Primavera e são bastante decorativas. Apresentam-se sobre uma haste floral avermelhada e ostentam um amarelo intenso e brilhante, com formato de sino.

Não cresce tanto como as outras echeverias, sendo uma excelente opção para combinar com outras suculentas.

Principais cuidados com a Echeveria Pulidonis


Condições favoráveis à Echeveria pulidonis: Aprecia uma situação de pleno sol, porém também tolera a sombra parcial. Uma boa iluminação permite intensificar o traço vermelho nas folhas.
O solo deve ser arenoso e poroso, que garanta uma boa drenagem, estas condições encontram-se reunidas nos substratos indicados a cactos e suculentas.

Cuidados Com a Echeveria pulidonis: Regar excessivamente esta suculenta é o maior erro que se pode cometer, na duvida vale mais pecar por falta do que por excesso. Antes de regar certifique-se que o substrato se encontra seco e tenha o cuidado de não molhar a roseta da Echeveria. A água acumulada pode causar doenças originadas por fungos, danificar a raiz e as folhas da planta, levando-a à decadência.
Da Primavera ao fim do Verão administre um fertilizante indicado a cactos e suculentas, seguindo as instruções do rotulo da embalagem.

Echeveria Pulidonis em florMultiplicação da Echeveria Pulidonis: O modo mais comum de propagação faz-se por via das
folhas e das pequenas plantas que surgem na base da suculenta. Também é possível fazê-la pelo modo de sementeira, depois do amadurecimento das flores geram-se umas cápsulas que contém sementes minusculas. A germinação dessas sementes leva em média 2 a 5 semanas, conforme as condições ambientais, contudo convém salientar que no inicio de ciclo as pequenas suculentas são muito sensíveis.

Curiosidades sobre a Echeveria Pulidonis


A Echeveria Pulidonis é originário do México e no seu habitat natural cresce nas encostas montanhosas. Quando chove a água infiltra-se nas rochas e facilmente escoa-se através das fendas e nunca fica acumulada. Deste modo a raiz da suculenta encontra-se sempre bem arejada. Isto realça a importância de plantar a planta num solo com bom escoamento e garantir condições semelhantes ao seu meio natural.

Nomes populares: Echeveria, rosa de pedra.

Sem comentários:

Enviar um comentário