Cuidados com a Crassula muscosa

Cuidados com a  Crassula muscosaA Crassula muscosa, também conhecida por licopodiose é uma planta suculenta nativa da Africa do Sul, que pertence à família Crassulaceae.

Cresce na forma de pequeno arbusto ramificado, com forma emaranhada. As hastes são eretas, mas tendem a curvar com o tempo, com aproximadamente 30 centímetros de altura e 5 cm de diâmetro. As folhas são pequenas e amontoam-se à volta do caule fino, dispostas em rosetas lineares de 4 fileiras de pás, lembrando uma forma quadrada.
As flores surgem na base das folhas, são pequenas e quase imperceptíveis, com tonalidade amarelo esverdeado e mal cheirosas.

Cultivo e cuidados com a Crassula muscosa 


Condições de cultivo: Aprecia ambientes com sol ou luz direta, embora tolere a sombra. A sua folhagem fica mais bonita em locais de meia sombra, porém também fica mais frágil. O excesso de sol tende a endurecer a planta e a limitar o brilho das folhas.
Aprecia temperaturas situadas entre os 10 e os 26º,  a sua resistência às baixas temperaturas não ultrapassa os -2, nas épocas mais frias proteja-a no interior.
O solo deve ser bem drenado e moderadamente fértil. Um substrato rico em matéria orgânica, misturado com areia de rio adapta-se perfeitamente ás suas necessidades.

Tratos culturais: A rega deve ser moderada, tal como a maioria das suculentas, é sensível ao excesso de água e aprecia ambientes secos. Permita que a terra seque bem entre cada irrigação.
Na Primavera Verão, faça uma adubação com um adubo indicado a suculentas, uma vez por mês, ou utilize um adubo de libertação lenta incorporado do substrato, no ato do transplante.
Periodicamente faça uma limpeza à planta, elimine os ramos secos ou doentes. No caso de ramos com sinais de podridão, corte abaixo da necrose, de modo a eliminar toda a parte infetada.

Reprodução da Crassula muscosa: É uma especie de fácil multiplicação, no seu habitat natural têm tendencias invasivas. Propaga-se por via da divisão de touceiras ou a partir de estacas caulinares, com maior sucesso entre a Primavera e Verão. O enraizamento deverá ser feito em locais de meia sombra, em substrato arenoso ligeiramente humedecido.

Curiosidades sobre a Crassula muscosa


O nome Crassula muscosa vem do latim muscosus traduzido a musgoso, condizente à sua semelhança com o musgo.

Esta planta têm uma grande longevidade, quando tratada com os cuidados mínimos necessários, ela chega a durar mais de 20 anos.

Nomes comuns: cauda de lagarto, cipreste de brinquedo, pinitos, pulseira de relógio, cordão de São José, planta com ziper.

Sem comentários:

Enviar um comentário